Cerro goleia e avança para as quartas de final

Cerro goleia e avança para as quartas de final
Compartilhe

Em uma noite de sábado (21/10), com alta temperatura na cidade de Cerro Largo, ocorreu a disputa entre Cerro Largo Futsal/Lojas Becker e ANPF de Nova Petrópolis por uma vaga nas quartas de final do Gauchão Série B. Vencedor no jogo de ida por 3×1, o Cerro não decepcionou seu torcedor e venceu novamente, pelo placar de 6×1.

Apesar do placar, o jogo foi complicado na maior parte do tempo, sendo definido apenas a partir da segunda metade da etapa complementar. A noite também foi definição para os demais participantes da Série B, ficando assim os confrontos das quartas de final:

Cerro Largo x BR Futsal (primeiro jogo em Pelotas);

Entre-Ijuís x Lokomotiv (primeiro jogo em Palmeira das Missões);

AGSL x APF (primeiro jogo em Gentil);

Tapejara x AAGF (primeiro jogo em Agudo).

O jogo

A escalação inicial do técnico Rodrigo Ferreti tinha Black no gol, mais Thauan, Gui Falcão, Giorgi Lucas e Denilson, a mesma que iniciou em Nova Petrópolis, no jogo de ida. O primeiro gol saiu muito cedo, pouco antes de o cronômetro completar 1min de jogo. Giorgi Lucas pressionou o goleiro Joãozinho, que tentava sair jogando com os pés. Giorgi roubou a bola, tomou distância do goleiro e girou pra bater rasteiro. Um golaço em alta velocidade de execução!

A torcida fez a festa no primeiro gol, mas os minutos seguintes foram de um jogo igual, pois a equipe visitante mostrou que havia chegado para “fazer o crime”. Na jogada ensaiada em cobrança de falta, Bruninho passou para Ranther, que chutou próximo da linha de meta, mas Black estava lá no canto, para bloquear a passagem. Com pouco mais de 4min, Ranther recebeu dentro da área, no pivô. Ele tirou da marcação e do goleiro, chutando para o gol e empatando o jogo.

Os visitantes passaram a gostar mais do jogo após o gol e levaram perigo ao gol de Black. Em boa jogada pela direita, Luda evitou a marcação e pifou Ewe, que ficou sozinho, na marca do pênalti, mas Black saiu e fez uma grande defesa, aos 7min30seg. Antes da metade do primeiro tempo, Luda recebeu de escanteio e chutou de longe, para nova defesa de Ronald.

O Cerro tentava, mas estava difícil fazer sair o segundo gol. Aos 10min, em lance onde driblou Pitty, Peixoto avançou em velocidade rumo ao gol e o goleiro Joãozinho se atirou para tirar a bola dos pés do atleta do Cerro, que por pouco não conseguiu marcar. Na sequência, em novo lance individual, Ranther tirou a marcação e chutou forte, mas Ronald espalmou, em outra grande defesa.

O Cerro chegou a cometer quatro faltas, o que contribuiu para deixar a equipe mais cuidadosa e, consequentemente, aumentar o volume do adversário. Restando 6min para o intervalo, em lance parecido com o de Peixoto, Giorgi driblou o goleiro e tocou rasteiro, mas Pitty estava lá para tirar a bola em cima da linha. Restando pouco mais de 1min, Peixoto achou Rafinha sem marcação, chegando na entrada da área. Rafinha recebeu, bateu e Joãozinho salvou seu time de levar o segundo gol! No último minuto, em contra-ataque, após roubada de bola, ainda deu tempo de Gian perder o gol, chutando pra fora.

Segundo tempo

O quarteto inicial do Cerro teve apenas uma mudança, que foi André Maluko no lugar de Denilson. A ANPF chegou bem no início da etapa complementar, com passe de Luda para Gustavo, que chutou de média distância para defesa de Black. O goleiro Joãozinho, que errou no primeiro gol, estava determinado a não errar novamente e praticou uma grande defesa aos 3min30seg, quando Giorgi interceptou passe e chutou cruzado da ala esquerda. Joãozinho tirou com o antebraço a bomba que ia para as redes.

A pressão do Cerro surtiu efeito aos 4min, quando Giorgi Lucas marcou o segundo gol. André Maluko foi bem na roubada de bola e serviu Giorgi, que bateu colocado, da entrada da área, acertando o ângulo! Desta vez não deu para Joãozinho: 2×1. No erro de passe dos visitantes, saiu mais um, mas foi “chorado”. Enzo interceptou e bateu em cima de Joãozinho. No rebote, Enzo passou para Peixoto, que finalizou, mas a bola pegou em Rafinha, voltando para Peixoto, que bateu novamente e desta vez marcou, aos 9min10seg!

Com 3×1 no placar, o Cerro já controlava melhor o jogo e isso deu tranquilidade para encaminhar a goleada. Aos 13min, Gui Falcão carregou a bola em torno da área da ANPF e mandou para o gol. A bola ainda desviou no marcador e tinha tudo para entrar, mas pegou no ombro de Joãozinho! O quarto gol veio logo em seguida e foi especial. Desde o início do ano o capitão Rogério Paulista tentava, mas nada de gol até então. Peixoto carregou pelo meio e deu assistência para Paulista chutar forte, na saída do goleiro, para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Cerro!

A ANPF colocou goleiro linha para tentar algo a mais, só que o Cerro, com a marcação encaixada, anotou o quinto em chute de Silvinho, da quadra de defesa: 5×1, faltando 5min para o final do jogo. Da mesma forma veio o sexto gol, desta vez de Giorgi Lucas, fazendo o seu terceiro gol no jogo: 6×1 no placar, restando 4min para o fim! Placar concretizado e vaga para as quartas garantida!

Genaro Caetano – Assessoria Cerro Largo Futsal/Lojas Becker